Mulher com Excesso de Peso

Uma mulher M, com excesso de peso, disse que começou a engordar aos 16 anos. Indagada pela facilitadora se nessa época sentia medo de algo, ela respondeu que temia ser estuprada. Ela nunca fora estuprada e na família houve uma prima da mãe estuprada. Na constelação, o estupro figurou como “sintoma” e o representante deste se interessou pelo avô de M. O Avô era nazista e na função de policial, consta ter estuprado uma mulher, com a qual a neta se identificou. A identificação com a vítima foi desfeita e a vítima foi reconhecida e valorizada por M, em nome da família, M conseguiu receber o afeto de seus pais. Essa constelação foi um passo importante para M conseguir emagrecer.

Artigo de Dagmar Ingwersen, revista "Praxis der Systemaufstellung".

Tradução de: Cornélia Benesch, pesquisadora da (Symptom/Illness In Systemic Constellations), sobre constelações em doenças crônicas.