Programa Trabalho e Cidadania na Prefeitura de Guarulhos

O Programa: O objetivo foi a mobilização dos 8000 servidores públicos da prefeitura de Guarulhos para aderirem ao plano de recém-empossado governo do prefeito Eloi Pietá, visando a superação da crise em que se encontrava a prefeitura. O plano de governo preconizava um melhor atendimento à população, a cultivo da cidadania. O programa devia estimular a adesão dos servidores, a integração entre servidores e a equipe do prefeito.

Foi promovido pelo Núcleo de Modernização Administrativa da Prefeitura, a coordenadora executora foi Marisa N. Greeb, coordenadora do Movimento "Ética é Cidadania". O programa envolveu 39 psicodramatistas - "diretores de grupo" e "egos- auxiliares" conduzindo 180 grupos. Participaram 7826 dos 8000 servidores públicos da Prefeitura de Guarulhos. Terapeutas do Espaço Vila Nova participaram do programa e o relato aqui exposto se baseia no trabalho por elas realizado, que abrangeu 200 participantes, distribuídos em 4 grupos, tendo cada um 3 horas de duração. Maristela de André atuou como psicodramatista "diretora de grupo" e a equipe de egos auxiliares se compôs de Luiza Amaral, Claudia Lessa e Fernanda Fonseca.

A Metodologia: sócio psicodrama com cenas espontâneas que problematizaram questões do contexto da atuação cotidiana dos servidores no atendimento às suas funções junto à população.

Alguns Resultados: Cenas Psicodramáticas criadas pelos participantes trouxeram de modo vívido os problemas dos serviços da prefeitura e chegaram a apontar soluções. O trabalho propiciou o levantamento das carências graves de serviços públicos, dos problemas internos da prefeitura, das insatisfações dos servidores, emergiram propostas para a melhoria do desempenho dos próprios servidores e de melhoria da qualidade do atendimento da Prefeitura aos cidadãos. Foi apontada a precariedade das áreas de saúde, educação e segurança pública.

Ao longo do encontro os participantes passaram de uma postura inicial passiva para outra de co-responsabilidade com o governante e com os cidadãos na resolução dos problemas do município. Inúmeros ampliaram sua consciência acerca das dificuldades que os governantes estão enfrentando e se dispuseram a colaborar com a gestão que se iniciava.

Preconizaram participação ativa em cobrar dos governantes suas promessas, contribuindo para o diálogo entre governo - servidores e cidadãos. Cresceu a consciência de cidadania dos cidadãos - servidores públicos. O evento ofereceu importantes subsídios para um planejamento estratégico da Prefeitura, para o plano de modernização do serviço público em Guarulhos, para a revisão da política de pessoal, para um programa de reciclagem de servidores.

Duração: 1 a 8 de agosto de 2001

Registro de responsabilidade de Maristela de André