Curso de Expansão da Personalidade e da Autoconsciência no Governo do Distrito Federal

Publicado: Anais do IV Congresso Ibero Latino Americano de Psicodrama, 2003 e no Site Rio Abierto

 172 h de curso e estágios orientados, em 1996

 

O Objetivo: Expansão da personalidade, autoconhecimento, aptidão em ampliar a qualidade das relações interpessoais e de promover mudança cultural nos ambientes institucionais do governo do Distrito Federal. Os participantes foram dirigentes e outros profissionais de alta responsabilidade na equipe do Estado. 

O curso complementou o de "Planejamento Estratégico Democrático - PED", que inclui um Planejamento Participativo. Pretendeu reforçar as condições culturais para a implantação desse modelo de planejamento. 

Foi promovido pelo IDR - Instituto de Desenvolvimento de Recursos Humanos, autarquia (psicóloga) do Governo do Distrito Federal. 

Foi concebido e coordenado por Maristela de André, terapeuta e coordenadora do Espaço Vila Nova. Da equipe de realização do programa figuraram as psicólogas  Ana Michaela Sztenhauer e Denise Fonseca, e a arteterapeuta Selva Telles.

O Programa: O curso teve a duração de 120 horas, em 4 módulos intercalados por estágios orientados. O tempo ocupado por estágios totalizou 52 horas de estágios, o programa incluiu assim 172 horas de trabalho. O curso ocorreu em agosto e setembro de 1996. 

Os participantes foram 30 profissionais, selecionados dentre 90 candidatos. Eram médicos, pedagogos, psicólogos, educadores, economistas, administradores, ocupantes de cargos de responsabilidade gerencial ou assessoramento nas áreas de saúde, educação, fiscalização, assistência social, administração regional, planejamento, fiscalização de Secretários de Estado. 

Etapas e Métodos do Curso:

- Autoconsciência corporal e da relação corpo-psiquismo, expansão da sensorialidade e da intuição,

- Autoconsciência do caráter psico físico do estresse e aprendizagem de sua liberação.

- Expansão da espontaneidade, da expressividade, da manifestação criativa.

- Percepção das relações entre o desequilíbrio psíquico e o mental e de como harmonizar estes níveis da personalidade.

- Elaboração sócio-psico-dramática de comportamentos no contexto profissional dos participantes, renovação de crenças, valores, da ética, da qualidade das relações, da qualidade da resolução de questões da vida profissional.

- Aprendizagem do desapego de emoções e da mente racional, sintonia com estados integradores da personalidade por meditação individual e em grupo. 

Alguns Resultados: Quase todos os alunos realizaram processos de mudança interior profundos e autossustentada e se tornaram agentes de mudança cultural nos ambientes em que atuavam. 

Passaram a atuar em cursos de reciclagem para profissionais do governo do Distrito Federal, transmitindo diversos dos conteúdos aprendidos no curso. 

Merecem destaque entre os eventos e cursos que passaram a ministrar, os dirigidos a diretores e a professores de escolas públicas, cursos para fiscais do governo estadual, para chefias de hospitais e de administrações regionais do Estado, cursos para prisioneiros de cadeiras públicas, para crianças e adolescentes, para jovens desajustados atendidos por órgãos de assistência social do Governo do Distrito Federal. 

 

Registro de responsabilidade de Maristela de André, 2002