Psicoterapia Individual: Jovens e Adultos

Programa de seções em que a pessoa recebe apoio para zelar por sua saúde, ampliar o autoconhecimento, fortalecer-se para viver no presente, com autonomia, coragem, disposição, valorização de seus recursos, aceitação de limites, facilidade de relacionar-se com outros, de orientar-se por anseios da alma. O processo amplia os recursos psíquicos, libera apatias, angústias, ódios, medos, dores, ressentimentos. Propicia o cultivo da clareza, assertividade, afetividade, comunicabilidade, da fé e paz interior. Capacita a pessoa a aceitar situações que não puder mudar, a assumir e transformar o que estiver ao seu alcance, a distinguir ambos, a identificar e expandir os seus recursos. O psicoterapeuta atua como acompanhante do cliente e facilitador de seu processo, que é conduzido pelo próprio cliente. Orientada pela psicologia transpessoal.

 

 Psicoterapia em Grupo: Jovens e Adultos

Desenvolve a autoestima, autoconfiança, a autonomia, o conhecimento de si mesmo, de sua identidade e da natureza mutável da mesma, de sua interdependência com as pessoas e os contextos em que vive. Fortalece os participantes para assumir suas vidas, com alegria, coragem, esperança. Propicia experiências e reflexões para o enriquecimento de sua personalidade, expandindo a capacidade expressiva, a criatividade, o discernimento, a concentração. Capacidade de resolução de problemas e de vivenciar conflitos interpessoais, por processos de respeito mútuo, equanimidade e por disposição ao compartilhamento. 

 

 Psicoterapia e Psicodiagnóstico Interventivo: Crianças e Adolescentes 

Objetivos da Psicoterapia: Proporcionar um espaço acolhedor e estável que possa contribuir com o processo de autoconhecimento do cliente, podendo trazer benefícios tais como: redução de ansiedade, apaziguamento de angustias, descoberta de aptidões, ressignificação de histórias de vida. O trabalho é realizado de forma lúdica, podendo recorrer a recursos artísticos. Aplicado por Luana de André Sant'Ana e envolve parceria com familiares e, eventualmente, com  educadores.

Objetivos do Psicodiagnóstico Interventivo: Realizar uma avaliação psicológica a fim de conhecer o cliente em suas dificuldades, aptidões e desenvolvimentos emocionais/afetivo. O trabalho envolve sessões individuais com o cliente e sessões individuais com seus familiares (pais e/ou cuidadores) totalizado uma média de 10 atendimentos. Durante o processo são realizadas devolutivas orais tanto para o cliente quanto para seus familiares e ao final, é entregue um laudo psicológico impresso.